O mês do cachorro louco?

Sempre que começa agosto, um tiozão  alguém nos lembra que é o mês do cachorro louco.

A princípio, eu acreditava que era porque ficávamos loucos de tanto trabalhar, já que agosto não tem nem um feriadinho sequer. Porém, depois descobri alguns contextos históricos interessantes e a ligação com a raiva, doença que já matou muitos dogs no passado. É sobre isso que escreverei hoje, para lembrar a todas as mães e pais de dogs que é importante manter a vacina antirrábica em dia 🙂

Raiva e agosto

Em teoria, durante o mês agosto, mudanças climáticas ocasionam o cio de mais cachorras. Como consequência, os cachorros brigam para conquistar as fêmeas, ficando “loucos”. A raiva é transmitida pela saliva dos animais, e por causa das brigas, é espalhada mais facilmente, já que um dos sintomas da raiva é o excesso de saliva.

A doença é muito séria, pois ataca o sistema nervoso e leva à morte cachorros e humanos. Os sintomas podem incluir mudanças de humor, falta de apetite, fotofobia, entre outros. Causada por um vírus, ela também acomete o gado e pode ser transmitida por morcegos. Para ser contaminado pelo vírus, ao contrário da crença popular, muitas vezes não é preciso ser mordido: basta o contato da saliva do animal com algum corte, queimadura ou arranhão.

Apesar da doença ser cada vez menos comum (ainda bem!), é importante que seu dog tome a vacina antirrábica quando ele completar 3 meses e depois a cada ano para a prevenção, já que uma vez contaminado, a morte é quase certa.

Contexto histórico – só por curiosidade!

Além da conexão com a doença canina, agosto é tido como um mês sombrio por causa de guerras e outros acontecimentos tristes.

  • A Primeira Guerra Mundial teve início em 1º de agosto de 1914 e as cidades de Hiroshima e Nagasaki também foram bombardeadas neste mês, porém na Segunda Guerra, em 1945.
  • Hitler tomou o poder também durante agosto, em 1934. Um pouco depois, na Alemanha pós guerra, em 1954, foi construído o Muro de Berlim.
  • Foi o mês em que Marylin Monroe foi encontrada morta em sua casa, em 1962.

Apesar de tanta tragédia, achei três acontecimentos felizes podem provar o contrário:

  • Foi o mês em que Madonna nasceu, em 1958.
  • As mulheres passam a ter o direito a votar, nos EUA, em 1920.
  • E, em 1969, aconteceu o Festival de Woodstock que marcou a história com a promessa de música, paz e amor durante três dias seguidos, em Nova York.

E vocês, acreditam na superstição?

Fotografia no topo: Tony Harrison

Fontes: Vira Lata Vet

Virgula

Fatos históricos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *